woman-2607581_1920

Terapia Regressiva

A regressão consiste em “reviver” experiencias passadas, tenham elas acontecido ontem ou há 5 vidas atrás. Trata-se de resgatar memórias que se encontram armazenadas em nós e que ao serem observadas numa perspetiva atual, podem ser harmonizadas e integradas no presente.

O que é a terapia regressiva?

Todos sabemos que as memórias estão carregadas de emoções, sejam elas de pura alegria ou pelo contrário, de revolta, tristeza ou medo. Nestes casos, essa emoção fica dentro de nós criando todo o género de sintomas e acontecimentos e esperando apenas a sua libertação. A regressão dá-nos acesso a essas informações, permitindo a libertação das “cargas” desconfortáveis e dolorosas e que apenas nos mantêm presos a eventos em tudo idênticos ao que temos no presente. O que trazemos dentro de nós foi herdada dessas experiências passadas. No presente temos uma nova oportunidade para essas energias e situações negativas se resolverem e se fazer as pazes com esses acontecimentos.

Como funciona?

Com a duração média de 2 horas, a terapia regressiva é um processo delicado e que precisa de muita entrega por parte da pessoa que a vive. A sessão é feita num espaço relaxante, seguro, com a pessoa de olhos fechados, e por estar sempre acompanhada e a ser orientada pelo terapeuta, a pessoa irá descrever as suas memorias sem que nunca perca a consciência do que está a fazer ou do sitio onde está.

Esta terapia permite ter acesso a memórias de vivências passadas, sejam elas desta vida ou de vidas anteriores. Estas vivências irão mexer com emoções, crenças e preconceitos e por isso têm de ser acompanhadas para que sejam bem integradas no presente, até porque poderá haver momentos muita intensidade.

Mais importante do que serem ou não reais, essas experiencias são extremamente esclarecedoras não só das circunstâncias da nossa vida presente como da possível resolução positiva das mesmas.

Trata-se de um processo muito subtil e profundo, emocional e intuitivo, e por isso muito difícil de ser descrito. As conclusões a que a pessoa chega depois de uma experiência destas são muito pessoais e só quem passa por este processo se apercebe do quão curiosas são as memórias que carregamos.

Se todos conseguimos perceber a perfeita e lógica ligação entre a nossa infância e a idade adulta, ela também existe entre as vidas passadas e a atual. E muitas são as experiencias que só se podem mesmo explicar num contexto como este.

Se gostou, partilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email